Justiça

Ver vídeo

Sobre as propostas do PCP no Orçamento do Estado para 2018

Na abertura do debate na especialidade, Paulo Sá afirmou que "é possível ir mais longe na reposição de direitos e rendimentos, tal como é necessário contrariar aspectos negativos que ainda persistem na proposta de Orçamento do Estado. E é exactamente nesse sentido que intervimos no debate da especialidade e apresentamos mais de uma centena de propostas de alteração".

Ver vídeo
«Ir mais longe na devolução de direitos e rendimentos»

«Ir mais longe na devolução de direitos e rendimentos»

Em declarações sobre o processo de apreciação na especialidade que terminou com a entrega de dezenas de propostas do PCP para o Orçamento do Estado para 2018, João Oliveira afirmou que a intervenção do PCP se baterá pelos avanços na devolução de direitos e rendimentos, para que a melhoria das condições de vida e trabalho dos trabalhadores e do povo português possa ir tão longe quanto possível".

Ver vídeo
PCP apresenta proposta para que todo o tempo de serviço conte para progressão na carreira

PCP apresenta proposta para que todo o tempo de serviço conte para progressão na carreira

O PCP anunciou hoje pela voz de João Oliveira que irá entregar durante o processo de apreciação na especialidade do Orçamento do Estado para 2018, uma proposta de alteração no sentido de clarificar que todo o tempo de serviço deve contar para a progressão na carreira nos trabalhadores da administração pública.

Ver vídeo

PCP questiona Ministra da Justiça sobre OE 2018

Perguntas de António Filipe aqui, aqui e aqui na Comissão Parlamentar sobre a proposta de Orçamento do Estado para 2018.

Ver vídeo
«É de uma vida melhor dos portugueses que estamos a tratar»

«É de uma vida melhor dos portugueses que estamos a tratar»

No encerramento do debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2018, Jerónimo de Sousa afirmou na sua intervenção que "Valorizamos o facto de este Orçamento do Estado consolidar as medidas de reposição de direitos, salários e rendimentos tomadas nos últimos dois anos e dar novos passos nessa reposição, fazêmo-lo sem esconder a nossa discordância das opções que limitam a resposta que era possível e necessário encontrar para os problemas estruturais do país."