Declaração de Alexandre Araújo, Membro do Secretariado do Comité Central, Conferência de Imprensa

Apresentação da 42.ª Festa do «Avante!»

Apresentação da 42.ª Festa do «Avante!»

Umas breves palavras para destacar alguns aspectos do programa da Festa do «Avante!» 2018, que o suplemento do «Avante!», que irá amanhã para as bancas e que vos foi distribuído, trata largamente.

A Festa do «Avante!» vai realizar a sua 42º edição nos dias 7, 8 e 9 de Setembro de 2018, na Atalaia, Amora Seixal, esse magnífico espaço com a sua bela vista sobre a cidade de Lisboa, o Tejo e a Baía do Seixal, onde se erguerá uma cidade não menos bela que acolhe o rico, amplo e diversificado programa político, cultural e desportivo da Festa do «Avante!».

Uma realização do Partido Comunista Português, que se assume como uma Festa para todos, pelos valores que transporta da solidariedade e paz, pelo ambiente único que proporciona de amizade e camaradagem, pela valorização das artes, da cultura, dos espectáculos e do desporto.

Uma Festa construída com trabalho, com trabalho militante, pelos militantes do Partido e da JCP, por muitos amigos da Festa, por gente dos mais variados saberes que, em jornadas de trabalho e de convívio que se iniciaram no passado dia 16 Junho, fazem da Festa do Avante uma imensa obra colectiva que cada um sente como sua.

Uma palavra sobre a EP – Entrada Permanente para a Festa do «Avante!» que, mais do que permitir o acesso ao espaço da Festa e a todas as iniciativas e programa, constitui um Título de Solidariedade com a sua realização. A EP pode desde já ser adquirida, como expressão concreta dessa solidariedade nos Centros de Trabalho do PCP, bem como na ticketline, por 25 euros, contribuindo para o êxito da Festa. Nos 7, 8 e 9 Setembro estará disponível nas bilheteiras da Festa por 35 euros.

A Festa do «Avante!», que desde 2016 se realiza num espaço ampliado, tem procurado de ano para ano oferecer mais e melhores condições para o seu pleno usufruto pelos seus milhares de visitantes de todas as idades.

Sem ser exaustivo destacava a criação de melhores condições para pessoas com mobilidade reduzida com recurso a transporte em viatura adaptada, com percursos a partir de Lisboa, Seixal e Almada até ao interior do recinto, bem como correcções diversas para a redução de barreiras.
Este ano, como novidade muito aguardada, e no sentido de facilitar a deslocação das pessoas com maiores dificuldades, funcionará um serviço de comboio interno entre a área do lago e o espaço internacional, com algumas paragens intermédias, fazendo da Festa um convívio verdadeiramente inclusivo.

Em ambas as entradas funcionam serviços de Recepção e Bagageira, nos quais pode guardar a sua bagagem; distribuídos por vários locais existem pontos de energia para carregamento de telemóveis; funcionam Espaços Bebé, com água quente e micro-ondas para aquecer biberões, locais para muda de fraldas, etc., a criação de mais áreas de sombra e de esplanada.

Para quem quer aproveitar ao máximo os três dias de Festa, mantém-se o funcionamento de um qualificado Acampamento, que abre no dia 6 de Setembro às 10 horas, decorrendo nesse mesmo dia, às 18 horas, uma iniciativa de recepção aos campistas e para o qual se pode proceder desde já a uma pré inscrição pelo endereço acampamentoexterior@festadoavante.pcp.pt.

É fácil chegar à Festa, quer de transportes públicos, dos quais se destaca o Comboio, com acesso por autocarro «vai-vem» à entrada da Festa a partir da Estação Foros da Amora, bem como de automóvel com estacionamento nos parques – o parque Maria Pires a cerca de 300 metros da Festa e o Parque da estação de Foros da Amora, de onde é possível recorrer ao vai-vem para acesso à Festa.
Este ano as paragens dos transportes públicos serão junto ao Estádio do Amora, a poucos metros da entrada da Festa.

Vale a pena referir a valorização que o espaço criança tem tido, bem como o programa que é especialmente dirigido aos mais pequenos – do cinema à música, tornando a Festa, uma Festa para toda a família.

Destaque ainda para as excursões que se realizam um pouco de todo o País e cujos autocarros ficarão estacionados mesmo em frente à entrada da Quinta do Cabo.

A Festa do «Avante!» apresenta um amplo e vasto programa cultural de música e e espectáculos, de teatro, cinema, exposições, artes plásticas, ciência, livro, desporto.

Programa que percorrerá os mais de 10 palcos e espaços de animação existentes – Palco 25 Abril, Auditório 1º Maio, Palcos de Setúbal e do Alentejo, Palco Solidariedade, Palco Arraial, Café concerto de Lisboa, Espaço do Fado, Palco Novos valores, Avanteatro – cujo programa global será brevemente apresentado.

Sobre o Palco Novos Valores, valorizamos a edição do Concurso de Bandas, organizado há 21 anos pela Juventude Comunista Portuguesa em que se realizaram este ano 30 eliminatórias com a participação de mais de 70 bandas. Os concertos realizados representam também momentos em que centenas de jovens músicos dão a conhecer o seu trabalho. Do concurso resultam as bandas vencedoras que tocarão no Palco Novos Valores da Festa do «Avante!», Yagmar (Lisboa, Indie Rock), Cruzamente (Porto, Pop Rock), Mustang (Braga, Indie Rock), Pálidos (Setúbal, Surf Rock), Marufa (Centro Litoral, Indie Rock), Harpia (Centro Interior, Indie Rock), No Relation (Algarve, Rock).

A estas juntam-se as bandas convidadas, Keso (Hip-Hop), Fugly (Rock-Lobster) e Scúru Fitchádu (Punk/Funaná).

No CineAvante!, com uma forte presença e destaque do cinema Português, poderemos assistir a:

«Luz Obscura» de Susana de Sousa Dias (2017)
«Colo» de Teresa Villaverde (2017)
«A Fábrica de Nada» de Pedro Pinho (2017)
«Tarrafal: Dez Pancadas no Carril» de João Paradela (2017)
«O Jovem Karl Marx» de Raoul Peck (2017)

Destaque ainda para uma Exposição dos Bonecos de Santo Aleixo, maravilhosa criação do imaginário popular alentejano que, pela mão do Cendrev, levam a magia e a arte que surpreende e encanta o público, e em que a realização de espectáculos seguidos de contacto com o público, visitas guiadas e debate, farão parte do programa.

No Desporto, são mais de trinta as modalidades, muitas de alta competição, lado a lado com modalidades desportivas e recreativas de raiz profundamente popular, praticadas por milhares de atletas que antes da Festa e durante três dias contribuem para fazer do Desporto na Atalaia um imenso e dinâmico convívio desportivo.

Vamos poder apreciar novamente na Festa o intenso e meritório trabalho de muitas dezenas de associações e coletividades de cultura, recreio e desporto que, mais uma vez vão estar presentes, mostrando o que de melhor se faz na promoção e desenvolvimento da cultura física e desporto.

No Espaço do Desporto poderemos apreciar, entre outras, as Artes Marciais, o Boxe e o Kikboxing, o Sarau Gímnico, as Danças de Salão e a Patinagem Artística, Bocia, Hóquei em Patins, Basquetebol, Futsal, Desporto Adaptado em Cadeira de Rodas, Malha Tradicional e Chinquilho, Matraquilhos, Xadrez, Slide, Jogos Tradicionais e a Corrida e Caminhada da Festa.

Este ano, o Espaço das Artes da Festa do «Avante!», no Pavilhão Central, vai receber três exposições: medalhística, pintura e escultura e um projecto de arte com base na disciplina de serigrafia.

Na medalhística, teremos uma exposição do escultor João Duarte, com uma vasta obra e percurso internacional, que este ano comemora 40 anos de actividade.

Em relação à pintura e escultura, serão expostas obras de um conjunto de artistas, nomeadamente Ana Lima Neto, Acácio Malhador, Ana Teixeira e Alfredo Luz.

Por fim, será apresentado o projecto Galdéria, um projecto de arte e de edição artística, com base na disciplina de serigrafia, apresentando diferentes propostas de vários artistas, com uma forte componente de ilustração.

«O Homem e a Natureza – Cooperação e conflito!» é o tema do Espaço Ciência, que inclui uma exposição central que sistematizará aspectos como as perturbações na dinâmica dos ecossistemas, a ocupação e ordenamento do território, a perspetiva política e das ciências sociais sobre estas temáticas e, como tem sido habitual, as contribuições das artes e letras nestas reflexões.

Na Festa do Livro a oferta de obras de sempre ou novidades, dirigidas a leitores de todas idades e de diferentes interesses, é como sempre uma visita obrigatória. Destaque para a vasta obra de Karl Marx, cuja actualidade atrai cada vez mais leitores e para muitas expressões literárias, da poesia ao teatro, do ensaio à literatura para a infância, com palavras de Álvaro Cunhal, Domingos Lobo, Máximo Gorki, Manuel Gusmão ou William Shakespeare. Pelo meio, conversas com autores, debates, apresentações, autógrafos, oficinas e, sobretudo, um grande convite à leitura e à reflexão.

A Festa do «Avante!» é também um importante momento para valorizar o papel do PCP, dar visibilidade às suas propostas e à sua acção indispensável e insubstituível na nova fase da vida política nacional. Para afirmar a Política alternativa, Patriótica e de Esquerda ao serviço dos trabalhadores, do povo e do País, para afirmar os valores de Abril no futuro de Portugal.

No Espaço Central que este ano terá numa nova localização que permite tirar maior partido da vista sobre Lisboa, do Tejo e da baía do Seixal, no ano em que se assinala o II Centenário de Karl Marx, contará com uma exposição dando a conhecer a natureza exploradora, agressiva, predadora do Capitalismo e colocando a necessidade da sua superação revolucionária pelo Socialismo como exigência da actualidade e do futuro.

O Espaço Central acolherá ainda a realização de numerosos debates, em torno de temas da actualidade nacional, das propostas e projecto do PCP como a luta pela política Patriótica e de Esquerda; a valorização do trabalho e dos trabalhadores; as consequências das privatizações, os direitos das crianças e pais; a Valorização longas carreiras contributivas, Transportes públicos, Habitação, os direitos à saúde, a Cultura, o desenvolvimento do País e do seu interior e do mundo rural.

Destaque ainda para as intervenções políticas no acto de abertura da Festa às 19h de sexta feira e no Comício, Domingo dia 9.

>
  • PCP
  • Central
  • Festa do Avante

Partilhar